Associação Planalto Central

Associação Planalto Central

Testemunho Ministério Jovem

Jovens de valor

Discipulado e missão são os principais objetivos do Ministério Jovem da APlaC

Energia e vitalidade. Coragem, vontade e disponibilidade. Essas características acompanham a maioria dos jovens brasileiros. É por isso que o Ministério Jovem da Igreja Adventista do Sétimo Dia trabalha por esse grupo, a fim de atraí-lo para ficar cada vez mais perto de Jesus.

O Ministério Jovem da APlaC tem objetivos ousados para a juventude. Os dois principais são: tornar cada jovem um discípulo e um missionário. Para que isso aconteça, é fundamental o papel da liderança local. Durante os últimos quatro anos, a liderança da APlaC viabilizou ações, atividades e recursos que envolvem o Ministério Jovem, com o intuito de avançar efetivamente na realização desses dois grandes objetivos. 

A APlaC sonha que cada jovem do território seja um discípulo e missionário de Cristo. Pensando nisso, o foco das atividades teve base em três pilares fundamentais: Comunhão, Relacionamento e Missão.

Envolvimento na igreja

O exemplo vivo dessa prática é a história do jovem Erick Brenner, de 24 anos, casado com a pedagoga Júlia da Fonsêca. Falta pouco para concluir o curso de Teologia no Instituto Adventista do Paraná (IAP), mas a história do futuro pastor começou quando ele ainda era criança. “Sou adventista desde que nasci e sempre me envolvi nos projetos da igreja, como corais infantis e Clube de Desbravadores. Quando mais velho, fui líder de ministério. Sempre tive meus pais como exemplo”, afirma. 

Ao recordar o passado, Erick vê nos ministérios e programas da igreja uma influência positiva na decisão de seguir uma vida de dedicação exclusiva a Deus através do ministério pastoral.

Chamado à liderança

No final de sua adolescência, mesmo com pouca idade, Erick recebeu um grande desafio: liderar os jovens de sua igreja. A experiência foi propulsora e impulsionou sua vontade de ser um mensageiro de boas notícias, baseadas em princípios e valores bíblicos. 

Nas igrejas adventistas próximas à que Erick frequentava ainda não havia uma equipe da Missão Calebe, um projeto praticado por jovens que dedicam as férias para fazer trabalho voluntário social. “Fui desafiado pelo pastor Hofni Gomes (à época pastor distrital, hoje líder de desbravadores da APlaC) a criar uma equipe e liderá-la. Foi uma bênção! O senso missionário foi ativado em meu coração e me levou a questionar: se faço tantas coisas em prol do próximo nas férias, por que não fazer isso também quando não estou de férias?”

A determinação e dedicação de Erick fizeram com que a liderança da Igreja Adventista no Planalto Central enxergasse nele um grande potencial. Foi assim que o jovem foi convidado a galgar novos caminhos como líder de uma região inteira do ministério jovem, e logo depois coordenar um grupo de regionais jovens da APlaC. “A partir disso comecei a me envolver mais no serviço. Já estava mergulhado na missão, conciliava a faculdade de engenharia e o estágio com as atividades da igreja. Comecei a perceber que somente as férias e o que eu fazia pela igreja durante o ano eram pouco”, frisa o futuro pastor. 

Dedicação integral

Em mais um dia quente no Distrito Federal, com o ar condicionado servindo de alento diante do calor de Brasília, Erick participava de um grande encontro de líderes de igreja quando ouviu falar do projeto “Um Ano em Missão” (OYIM). A iniciativa é destinada a jovens missionários que dedicam um ano de suas vidas para ajudar o próximo e apresentar a graça de Cristo às pessoas através de palestras, cursos e atividades sociais. Erick teve vontade de participar do projeto e fez sua inscrição.

O jovem conta que durante sua dedicação ao OYiM, viu a transformação na vida das pessoas e teve ainda mais amor ao serviço. “Posso dizer que antes eu tinha uma visão local de missão, mas após essa experiência eu vi que a missão não se limita a projetos, e sim a um estilo de vida”, testemunha.

Para Erick, passar por todas as oportunidades que a igreja lhe proporcionou ao longo da vida serviu para nortear e colocar a missão bíblica de salvação em seu coração. “Todos esses programas vieram em momentos cruciais da minha vida, quando questionamentos a respeito da minha fé eram latentes. Ao estar envolvido, pude conhecer um Deus real que me usa para abençoar outros”, assegura.

Clique agora e assista a história.